jusbrasil.com.br
18 de Maio de 2021

Você está usando o Jusbrasil errado

É isso mesmo... mas não se preocupe! Confira nossas dicas para construir uma argumentação jurídica de qualidade, usando todos os recursos disponíveis no Jusbrasil.

Jusbrasil, Advogado
Publicado por Jusbrasil
há 19 dias

Se tem uma coisa que tira o sono dos estudantes e dos operadores de Direito é a pesquisa jurídica.

Muitas vezes é difícil saber por onde começar, como diferenciar informações confiáveis das não confiáveis e como usá-las para construir uma argumentação consistente. Inclusive, a falta de método pode te levar a não aproveitar o Jusbrasil da melhor forma.

Então, para começar a resolver algumas das principais dúvidas sobre a pesquisa jurídica, montamos essas 3 dicas, confira:

1. Não tenha medo da busca abrangente

Ela pode ser um ótimo começo, mas você não deve parar por aí

No dia a dia é comum se deparar com algum tema ou assunto que você tenha menos familiaridade. Por isso, recorrer a uma busca mais abrangente pode ser uma ótima forma de começar a entender mais sobre a questão.

Nesse momento, você pode buscar diretamente na internet artigos e notícias.

Para evitar o uso de informações falsas ou imprecisas, consulte mais de um material, de diferentes autorias. Assim, você pode fazer um filtro, contrapondo eventuais informações divergentes.

O Jusbrasil possui mais de 300 mil artigos e notícias disponíveis na Comunidade. Todos os dias são compartilhados novos conteúdos por diversos autores, então opções não faltam!

Esse momento é como um sobrevoo no tema de sua pesquisa. Por isso, algumas dúvidas podem permanecer sem resposta ou ainda novas podem surgir, mas elas certamente serão respondidas na hora em que você estiver pronto ou pronta para aterrissar e mergulhar no assunto.

2. É hora de aprofundar

Para dominar o tema, se dedique a uma busca mais específica

Quando estamos conhecendo uma cidade, é muito difícil conhecê-la de fato só com algumas voltas de carro. É preciso se perder, se encontrar de novo, andar pelas ruas algumas vezes até começar a lembrar onde ficam os pontos principais e quais os nomes das ruas.

Com a pesquisa jurídica é a mesma coisa. Depois de uma busca mais abrangente, é preciso se dedicar um pouco mais a conhecê-lo, para então dominá-lo. Saber como o tema está sendo entendido pelos grandes juristas e como os tribunais estão decidindo sobre aquele assunto é uma etapa fundamental na pesquisa.

Você pode recorrer à doutrina, por meio de tratados, códigos comentados, revistas jurídicas e acadêmicas. Assim, você consegue ter acesso a uma visão mais profunda de pessoas que são referências no assunto.

E para ter acesso ao que está de fato sendo aplicado na prática, você precisa conferir a jurisprudência. Essa etapa é essencial para entender se já existem decisões no mesmo sentido que você busca e, se não existir, é hora de você estudar os casos para explorar novos caminhos no seu.

O Jusbrasil reúne mais de 40 milhões de ementas de jurisprudência, todas prontas para você copiar e usar direto nas suas peças. Você encontra ainda os inteiros teores das decisões para se aprofundar nos fundamentos que formam os precedentes judiciais. Inclusive, falando em peças, já temos a deixa para a nossa próxima e última dica!

3. Busque referências para suas peças

Além de dominar o conteúdo, apresente os seus argumentos em um formato efetivo

Uma pesquisa consistente é essencial para você organizar as suas ideias e construir a sua argumentação. Mas como você vai apresentar os seus argumentos é um ponto que requer muito cuidado e que às vezes fica esquecido pelos estudantes e profissionais.

Por isso, você deve recorrer aos modelos e peças. Observe como os argumentos são dispostos, qual a ordem seguida, como os tópicos são divididos...

Nem sempre você precisa reproduzir a mesma fórmula do material que já está pronto. Faça os seus ajustes, para que a argumentação fique inteligível, precisa e compatível com o seu caso.

Toda a semana são publicados centenas de novos modelos e peças no Jusbrasil, basta buscar o que mais se adequa à sua necessidade.

Se você ainda não assina o Jusbrasil PRO e tem interesse em saber mais, clique aqui!

E aí, ainda ficou com alguma dúvida? Diz aqui nos comentários ⬇️

Já segue o Jusbrasil nas redes sociais?

17 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Uma dica. Ao pesquisar no Google use a ferramenta própria nas configurações para filtrar a data e encontrar o entendimento mais recente sobre o tema. Esse filtro se encontra no botão denominado ferramentas e aparece logo abaixo da caixa de diálogo própria para a inserção da pesquisa (texto). continuar lendo

Excelente dica. Eu coloco a data na frente do texto da pesquisa, mas isso poucas vezes resulta numa data mais recente. continuar lendo

Boa noite, sempre utilizei ods préstimos repertórios jurisprucenciais da JUSBRASIL do qual sempre fui assinante, quando utilizava o email jorgemaudv@ig.com.br, que não mais utilizo, substituindo pelo atual, e considero valiosas as orientações recebidas, no tocante ao auxílio de se obter a melhor pesquisa, que atendam aos interesses questionados, para aplicarem-se ao caso concreto apresentado. continuar lendo

estou confiante e acompanhando meu processo continuar lendo

Estou tentando pagar a assinatura e não consigo. O cartão que tinha cadastrado foi cancelado e substituído por outro, com a mesma titularidade.
Vou, amanhã ao Carrefour e pedir o desbloqueio.
Favor enviarem novamente.
Meu CPF 039.170.024-34. SOU ADVOGADO. continuar lendo

Este espaço é público, seus dados sensíveis estão expostos, seria mais adequado remover seu CPF da publicação. continuar lendo